Pisos Intertravados ou Bloquetes

Pisos Intertravados ou Bloquetes, hoje nós vamos conhecer melhor que tipo de piso é este e quais as vantagens para se optar ou não por este aliado!

calcada_01 Caladas-Piso-Intertravado-Paver-Paviess-Ecologico-20130526210011


O piso intertravado é um tipo de pavimento fácil de assentar e confere as áreas externas das edificações modernidade e beleza aliada ao paisagismo.

Ele é indicado principalmente para:

  • Áreas de passeios;
  • Calçadas;
  • Alamedas com trânsito de pessoas e bicicletas;
  • Ruas;
  • Estacionamentos;
  • Pátios;
  • Acessos de veículos.

Assim como pode ser usado para quaisquer outras finalidades em que se encaixe esteticamente.


Vantagens na Utilização do Piso Intertravado


• Economia: Como as peças pré-moldadas podem ser reutilizadas, acabam sendo um tipo de revestimento de piso muito eficiente e econômico, principalmente quando instaladas em vias urbanas, já que redes de água, esgoto, gás e outros passam sob a superfície. Nas residências o piso intertravado tem a mesma eficiência.

• Ecoeficiência: As peças modulares de concreto do piso intertravado são fabricadas com matérias-primas recicláveis. Além disso, por terem coloração clara, refletem a luz melhor que outros pisos, acarretando em maior conforto térmico e economia de energia elétrica – segundo a ABCP (Associação Brasileira de Cimentos Portland), a reflexão pode ser até 30% mais alta se comparada a pisos flexíveis.

• Permeabilidade: Pisos intertravados de concreto podem ser permeáveis, variando de acordo com cada fornecedor e seu processo de fabricação. Na prática, isso significa que em dias de chuva parte da água pode ser absorvida pelo solo, ajudando na prevenção contra enchentes. Ou seja, mais um motivo para ele ser considerado uma solução ecologicamente correta.

 


 

Principais Modelos Encontrados no Mercado


 

Encontramos disponíveis no mercado diversos modelos e encaixes de bloquetes para variar na decoração da área em questão.

 

Untitled

bannerMontagem_zpsb2abd6f4

 

content_intertravado_bimbon14

Além dos diversos formatos, encaixes e cores de bloquetes, encontramos também os bloquetes vazados como encontramos nos exemplos abaixo:

161 bessa-07102011_04

 

Os bloquetes vazados, são assentados da mesma forma dos pisos intertravados falados anteriormente, porém com a diferença de serem preenchidos internamente com grama, pedras de jardim ou outros itens aliados à decoração da área, conforme demonstrado na imagem abaixo:

840


Instalação dos Pisos Intertravados


Macete 01: Antes de adquirir o intertravado do fornecedor, solicite o laudo de resistência.

Macete 02: Para que o piso intertravado tenha um bom desempenho, principalmente os pisos onde passam veículos, é necessário que a Base seja muito bem executada, evitando assim surpresas como recalques, abertura de espaços entre os blocos e outros desagrados.

Serviços Preliminares

Alguns serviços preliminares devem estar prontos antes de assentar o piso intertravado, são eles:

Subleito tratado;

Base tratada (geralmente em bica corrida);

Ensaios de compactação Proctor Normal dentro da especificação de projeto.

Como Assentar  Piso Intertravado

Vejam o passo a passo de como assentar o piso:

1. Colchão de areia

O pavimento intertravado é assentado sobre um colchão de areia. Este colchão deve ter altura entre 4,0cm e 8,0cm. Quanto melhor estiver a base, mais fino ficará o colchão de areia. Esse colchão pode ser de areia de dreno para assentamento de pavimento (mais barata), ou areia comum, ou pó de pedra (mais cara). O colchão de areia deve ser mestrado com a utilização de tubos de ferro 3/4” ou barras de ferro de seção quadrada. Feitas as mestras sarrafeie a areia com a régua de alumínio ou rodo de alumínio.

2. Definição do alinhamento

O alinhamento do pavimento geralmente é paralelo ao meio fio da rua a ser calcaça, ou na longitudinal da rua, para que as peças de intertravado fiquem perpendiculares (90°) com o meio-fio, travando todo o pavimento. Puxe uma linha bem esticada para definir o alinhamento.

3. Assentar bloquetes da mestra

Ao longo do alinhamento definido no passo anterior assente os blocos intertravados definindo assim a mestra. Feito isso você já pode retirar a linha.

 

4. Assentamento dos bloquetes

Comece assentando os bloquetes da mestra para o meio-fio, fazendo panos inteiros, deixando apenas o arremate junto ao meio-fio para fazer depois.

 

5. Salgar o Piso

Salgue todo o piso assentado espalhando areia sobre toda a sua superfície. Essa areia é a mesma utilizada para o colchão. Essa areia irá penetrar por todas as juntas que existem entre um bloquete e outro.

6. Compactar o piso

Todo o pano de intertravado assentado e salgado deve, no final do dia, ser compactado ou batido. Com uma placa vibratória CM-13 bata todo o piso para que ele termine de assentar sobre o colchão de areia e as juntas entre um bloquete e outro também se acertem.

7. Arremates de cantos

Após assentar um pano grande de intertravado é hora de fazer os arremates dos cantos. Risque os bloquetes para que eles se encaixem nos cantos. Em seguida corte-os com uma guilhotina ou uma serra Clipper de mão (portátil). São os arremates junto ao meio-fio que vão travar todo o piso.

Macete 05: Os pedacinhos pequenos não conseguem arrematar o piso com qualidade, assim, preencha os pequenos espaços com concreto ao invés de pedacinhos de bloquete intertravado. Não preencha com areia.

Macete 06: Evite transitar com carros e máquinas sobre o piso que não estiver travado.

8. Varrição e limpeza

Terminado o assentamento faça a varrição do excesso de areia que ficou sobre o piso e recolha os pedaços de piso e paletes que ficaram no local.

 

Não é sensacional?